Marx7

Marx, Capitalismo e a madrasta do menino Bernardo

               Dois acontecimentos na faculdade me motivaram a escrever esse texto. O primeiro o comentário de uma colega dia destes na aula de sociologia, foi algo mais ou menos assim: “Professora, eu li sobre o Marxismo e não achei nada encantador, legal e romântico como a senhora falou”. O outro fato, também sobre o Marxismo, foi postado por outro colega em nosso grupo no Face, nele uma pessoa dizia se orgulhar de ter desistido da ideia de fazer história e optado pela publicidade, pois na história só tem marxista, gente ultrapassada e etc. Ambos os fatos me fizeram refletir sobre o assunto, […]